Data venia, o Direito é para todas(os)!

Percepções sobre como a Inovação Jurídica pode transformar o Direito em um instrumento para efetivar a democracia e aproximar o estado da população

Facilitação visual de Sidan O Rafa

Inovar no mundo jurídico não é mais uma mera hype, tendência ou exagero, mas sim uma necessidade urgente!

Sejamos francos: os documentos jurídicos, de uma forma geral, são feitos por advogados e para advogados. Não existe um esforço de pensar na experiência do usuário fora da bolha jurídica de expressões em latim. Não somos ensinados a prototipar e experimentar ou testar novas ideias e, do mesmo modo, soluções inovadoras são, geralmente, rechaçadas com a seguinte resposta: “isso sempre foi feito assim”.

É chegado o momento de abolir o juridiquês e começar a falar português!

O Estado do Ceará tem essa visão. O Íris fomenta, nacionalmente, a pauta de Inovação Jurídica no setor público. O objetivo é claro: aproximar as instituições públicas do cidadão, a partir da adoção de uma comunicação clara, simples e acessível. Utilizando técnicas como o design jurídico, direito visual e linguagem simples, considerando a experiência do cidadão com uma postura empática, a administração pública passará a ser efetivamente compreendida e entregará mais valor público. O Estado pode — e deve — ter o direito como um instrumento de inclusão e democracia! #SemJuridiquês

Governo do Estado do Ceará